Crise VFX

Olá pessoal.

Todo mundo que visita esse e outros sites puramente por gostar de efeitos visuais e querer trabalhar com isso um dia, já deve estar sabendo da crise dos  grandes estúdios de VFX.

Nosso amigo e leitor Jonathan D. me enviou um vídeo do canal Jovem Nerd que explica bem o que está havendo, o lance dos avatares chroma key e a desvalorização de nosso trabalho, quem ainda não sabe o que está acontecendo ou quer saber mais vale a pena ver o vídeo.



O site VFX do Fabricio tem uma parcela de culpa nisso, sei que muitos aqui se empenham em aprender e se preparar para um emprego futuro ou aprimorar seus conhecimentos para fazer um trabalho justo, mas talvez a maioria dos que entram no mundo dos efeitos visuais incentivados por tutoriais de fácil compreensão e vídeos feitos em casa, acabam "se prostituindo", aceitam fazer trabalhos por valores extremamente abaixo do preço de custo ou até mesmo por elogios ou "para ter portfólio" o problema disso tudo é essa enorme desvalorização do profissional, eu mesmo já recebi muitos e-mails ou comentários de pessoas falando que quem faz os efeitos é o computador e eu só aperto os botões ou que isso o sobrinho dele de 15 anos também sabe fazer, fora os e-mails de trabalhos em que a pessoa oferece 50 reais por uma vinheta em computação gráfica do logotipo de sua empresa... esses eu faço questão de nem responder...

O não entendimento do assunto também gera uma falsa ilusão por parte dos clientes, quem sabe fazer um bom render sabe o quanto o mesmo pode ser demorado, mas para o leigo tempo de render é algo que pode ser totalmente controlado e acelerado sem comprometer a qualidade do trabalho, sendo que a realidade passa longe disso...

O que eu espero dos leitores deste site, é que antes de aprenderem VFX, aprendam a valorizar seu trabalho, valorizar não é cobrar caro, é saber cobrar, saber quanto custa seu trabalho, sua mão de obra, suas horas, dias, anos de dedicação e estudo, seus investimentos, quanto custa os softwares que você usa? Uma licença do Boujou por exemplo custa cerca de 10 mil dólares, são quase 20 mil reais apenas por um software de camera track, agora some todos os softwares e hardware de que necessita e verá o quão caro é trabalhar com VFX. Enquanto existirem pessoas que utilizam softwares ilegalmente e não cobram nem a própria mão de obra para trabalhar, existirão grandes estúdios indo a falência e a desvalorização do nosso trabalho será cada vez maior.

Sejamos profissionais galera, o futuro de nosso trabalho está nas mãos de quem está começando agora.

21 comentários:

  1. Cara e está MUITO ruim aqui no brasil. A empresa que eu trabalhava fechou por esses problemas, agora estou na luta para conseguir um emprego. Existem poucas vagas disponiveis, muita concorrencia para elas, as exigencias das empresas para os profissionais são enormes (tem que saber cada vez mais coisas) e os salários estão absurdamente pequenos. O mercado de Design e CG no Brasil está muito desvalorizado.

    ResponderExcluir
  2. tambem a necessidade fala mais alto,por mais que você é fodão,se chegar um bundão que sabe mexer mais ou menos e se estiver passando fome,ele aceita qualquer oferta ate por 10reais e etc.se todos estiverem mesma a cabeça de cobrar preço bom pelo seu trabalho ai sim todos nós ia ganhar bem,só que sempre tem um que precisa de dinheiro e topa qualquer parada,isso que enfraquece.temos que lutar pelo nosso direito,senão ate daqui pouco cinema vai falir,rs vai ficar ruim os filmes e etc.

    ResponderExcluir
  3. Estou ficando desanimado pra começar a minha carreira de artista digital!Deviam pegar um diretor de cinema qualquer e coloca-lo em frente a um pc a noite inteira, sabendo que terá que passar algumas noites em claro para entregar o projeto em dia.Já editei um video de 13 minutos, com 50% de VFX em todo o material de gravação, e fiz isso em menos duas semanas, quase enlouqueci, e era um trabalho de escola, o professor achava que era apenas clicar em um botão e aplicar efeito de croma key, depois clicar em outro e aparecia um prédio vitoriano todo texturizado.E eu e minha equipe de produção nem ganhamos toda a nota trimestral :/

    ResponderExcluir
  4. Realmente, está muito complicado. O mercado está super saturado e enquanto não existir alguma associação (e talvez precise ser até internacional por causa dos subsídios) não vai ter um jeito de organizar e mudar esse paradigma.
    As empresas estão aceitando trabalhos com condições cada vez piores, porque se negarem, os estúdios vão simplesmente procurar outra empresa ou pessoa que aceite (o que não é difícil).
    Eu mesmo já aceitei trabalhos muito difíceis e demorados por 'nada', para só ganhar experiência mesmo.
    Os artistas têm que se unir.

    ResponderExcluir
  5. Assunto de grande importância! Tenho exemplos na minha cidade de bons profissionais que se valorizam , de profissionais mau caráter que se vendem barato e amadores que se vendem mais barato ainda. Recentemente li um artigo sobre uma empresa de Maceió - AL que contratou um amador pra fazer sua campanha e talvez tenha até fechado as portas de tão negativo que foi o resultado. Aquela história, "precisa de agência não, um amigo meu faz...".

    ResponderExcluir
  6. Ei galera só estão se esquecendo que esse é um mercado de trabalho como todos os outros , ninguem vai fazer compras em um mercado com mercadorias caras se na próxima esquina tem um mercado com as mesmas mercadorias mais baratas.
    Cabe aos mercadores saberem administrar seus estabelecimentos e fazerem promoçoes ou até descontos .
    Todos reclamam quando a energia sobe, o arroz ,etc.
    Com o vfx não é diferente.
    temos exemplos que em uma avenida se abre 2 comercios um do lado do outro com praticamente as mesmas mercadorias um lota , vende muito e enrica o dono, outro vende nada quebra e fecha , é tudo uma questao de saber administrar.

    ResponderExcluir
  7. Resumidamente falando é fato, veja bem uns pontos que eleva a tal ocorrência, 1° a facilidade de obter um software para criação VFX e nenhum amador vai pagar um software que custa 20 mil para trabalhar dentro de um quarto, 2° avanço da tecnologia, hoje tem muitos software para criação VFX, e faceio de se obter graças a Internet. 3° coocorrência grande e muitos querendo se destacar no mercado ou seja reconhecimento todo artista procura isso (e as vez deixa até seus valores para traz) 4° graças a internet fica mas faseio aprender, ( como ocorre? ) eu passo 1 més aprendendo augo que quando tenho dominim, em um tutorial de apenas 5 minutos mas de 300 ou 400 pessoas que virão meu vídeo aprendem, e passa a diante ou seja troca de conhecimento, graças á INTERNET. Resumindo o resumo o maior culpado é a INTERNET mas como sabemos que a INTERNET é uma faca de dois gumes, fica os pós e os contras eu amo VFX desde quando nem sabia direito o que erra computador e a INTERNET mim ajudou muito mesmo e não sou contra, e como o cara la falou que. (O site VFX do Fabricio tem uma parcela de culpa nisso) se ele faz parte do mundo do vfx tenho certeza que ele já viu um tutorial na INTERNET para tira alguma duvida. Então galera na real quando vejo esse efeitos VFX ai que estão atona efeitos fracos mesmo para mim é apenas videos engraçados, quer se destacar entre milhares seja bom no que vcs gosta de fazer. PORQUE A UMA DIFERENÇA ENORME ENTRE UM TRABALHO PROFISSIONAL E UM AMADOR ESSA DIFERENÇA MUDA TUDO.

    ResponderExcluir
  8. Não se pode mudar as pessoas, só quem pode me mudar sou eu mesmo, então não tem como impedir que profissionais, amadores ou ambos não se valorizem e se vendam a preço de banana. Existem estratégias elaboradas por profissionais competentes no assunto sobre como competir com preço baixo. Se eu tenho um bom produto e tenho um diferencial só me falta descobrir a maneira assertiva de abordar meu cliente e convencê-lo de que vale a pena investir no meu trabalho.

    ResponderExcluir
  9. No meu ponte de vista a ameaça maior não é o amador, o cara que ACHA que sabe e sim o profissional que faz um bom trabalho e que se prostitui, esse sim é o problema. É óbvio que se ficar ruim o cliente vai reclamar, mas se um profissional faz o mesmo trabalho que outro profissional e o faz barato é lógico que o cliente vai fechar com ele. Por sorte ainda existem clientes que não abrem mão de pagar um preço justo por um trabalho de qualidade e nível profissional.

    ResponderExcluir
  10. Marcello Venturini9 de março de 2013 17:21

    Concordo com o Rogério e discordo um pouco do Gutemberg.
    A questão não é apenas grana. Sobre o exemplo do supermercado que um anônimo deu, lá em cima, preço não é tudo. Tem muita gente que pagaria a mais para frequentar um mercado mais limpo, mais eficiente, que entregue em casa, que tenha qualidade. Não quero pagar a metade do preço em um lugar que pode passar um rato, por exemplo.
    Em vfx, assim como em vários outros serviços, preço não é o maior diferencial. Quando se tem prazos e níveis de qualidade altos, vc não arrisca pagar menos correndo o risco de passar um "rato" na sua produção.
    E sobre o que o Gutemberg falou, CLARO que a culpa não é da Internet! Colocar a culpa na internet é como colocar a culpa nas bibliotecas, já que todo aluno de faculdade frequenta e todos podem saber a mesma coisa. A questão é como aplicar a coisa. Não adianta ver centenas de tutoriais se vc só sabe fazer o que eles explicam. Tem pessoas que copiam o que é mostrado nos tutoriais (e nesse site sabemos bem que está recheado delas) e outras que conseguem juntar 10 informações diferentes, de lugares diferentes e aprimorar algo único.
    O mercado é cruel em todas as áreas, não só em VFX. Sou arquiteto e fotógrafo e consegui juntar 2 ramos que estão recheados de pessoas que "acham que sabem fazer". Só que meu trabalho é único. É de qualidade. E é no prazo! Isso nem todo mundo sabe. E nem adianta cobrar mais barato, porque na hora do resultado final, o barato sai realmente mais caro.
    Uma solução paleativa ? Negue trabalho e seja sincero com vc ! Se vc é do tipo que cobra menos que o "amigo do lado", isso quer dizer que o seu preço é muito barato ! Em tudo !

    Abrçs

    ResponderExcluir
  11. O dificil é vc ter a noção dos valores do produto...porque quem ta começando agora não tem o conhecimento dos preços, e muitas das vezes vc submete a aceitar qualquer coisa pra entrar na area...deveria existir algum site, curso sei lá dando exemplos de VFX com um tal preço para se ter mais ou menos uma noção de preços...Tem muito cara da area q te engana sabendo q vc poderia cobrar um valor a mais do que ele oferece pra vc...

    ResponderExcluir
  12. anonimo, o preco e por hora.
    faça mtos projetos e aprenda qto tempo para certos projetos (modelagem, criacao de logo, animacao)
    e faça uma estimativa de qtas horas vc vai precisar para o trabalho (incluindo render) e multiplique pelo preço a hora (q pode ser desde 50 ate +300, depedendo da sua experiencia e seus gastos mensais)

    ResponderExcluir
  13. acho que todos aqui estao falando quase a mesma lingua por isso o site vfx nao tem parceria de culpá nisso é apenas o mercado de trabalho com seus altos e baixos.
    comparar um amador com o Fabricio , comparar o Fabricio com a ligth magia , todos temos seus precos assim como tambem tem os clientes que nao tem condiçoes de pagar preços altos

    ResponderExcluir
  14. Muitos estão "preocupados" em definir quem são os ocupados na crise vfx, mas até o momento nenhuma solução concreta (pelo que percebo). Sendo assim, culpados? Bom... acredito que são todos: os clientes que buscam o menor preço, menor tempo e nem sempre com a melhor qualidade, os profissionais que se sujeitam a trabalhar pelo preço muito abaixo da média (quem atua nessa área, o básico é ter a noção mínima de quanto vale o seu trabalho, correto?) e eu que aprendi a admirar esse profissional e o seu trabalho, corremos o risco de perder grandes projetos com qualidade.

    ResponderExcluir
  15. Obrigado Fabricio, isso me esclareceu muitas coisas... conserteza temos que nos valorizar.. eu avia perguntado para você sobre a questão de dinheiro isso que você diz realmente é verdade principalmente quem fez curso que gastou todo seu dinheiro para estudo para depois auguem pagar barato pelo seu serviço.. temos sim que nos falorizar..

    ResponderExcluir
  16. calma socii mas eu digo q com certesa nem sempre compramos o sapato caro que queremos , as vezes levamos um mais barato nao é o melhor mas as condiçoes nos obrigam a fazermos isso, e é melhor q andar descalso

    ResponderExcluir
  17. Fique tranquilo anônimo... entendo o seu comentário e o seu ponto de vista, mas convivo com o Fabrício Rabachim e acompanhando um pouco do seu crescimento, sei o quanto é um "pouquinho" mais complicado. Em relação a posição do cliente, estudando administração e como a grande maioria das pessoas já sabem, o objetivo das empresas é o maior lucro com o menor custo.
    Bacana seu comentário.

    ResponderExcluir
  18. Temos parar de escolher culpados para a crise, isso não ira ajudar em muita coisa, precisamos nos concentrar em arrumar uma solução.
    Enquanto lia os comentários pensei que poderia se criar um site onde quando você se cadastra, a sua empresa de VFX etc, você ganha algum conteúdo especial, ou ajuda não sei, em troca de cumprir certas regras como.
    Você esta entrando no mercado agora? você pode cobrar pouco por 2 meses por exemplo, depois disso tem que subir para o preço padrão de todas as empresas.
    Ou então uma página de ajuda aos novos, (como eu) que mostraria por exemplo contas para você fazer, e ver quanto custa seu trabalho.
    Cursos ou faculdades de VFX + Tempo de trabalho + energia do PC ligado.
    Tambem uma página para os CLIENTES que não valorizam nosso trabalho, explicando passo a passo o processo de edição, modelagem 3D etc, ou pelo menos dando uma noção para eles o como e quanto é trabalhoso, e que não é a máquina que faz tudo, ela é apenas um instrumento para os artistas fazerem seu trabalho.
    Isso não resolveria 100% mas é necessário começar a pensar nisso.

    ResponderExcluir
  19. Eita tristeza.. vivo de VFX, trabalho numa afiliada da record... aq na minha cidade, Teresina-PI o copilot eh rei... Sofro mto pra driblar isso, mas acaba prevalecendo a experiencia... to vivo!

    ResponderExcluir
  20. Tudo é questão de saber administrar seus negócios, é simples, é você que não vê isso mais está tudo estampado na sua cara, é só calcular o tempo que você gastou, a qualidade do seu trabalho, e sempre verificar o preço da concorrência, lembre-se que para fazer um preço mais barato que a concorrência você precisa vender mais que a concorrência, você sempre tem que buscar vender mais, anuncie seu trabalho, uma forma fácil de anunciar seu trabalho, é investir em seus clientes,como fazer isso? é simples, vende um trabalho de qualidade, que o anuncio vai grátis, coloque seus clientes acima de qualquer coisa, uma dica muito importante, o cliente nunca pode saber o preço sem antes conhecer seu trabalho, mostre a ele uns de seus melhores trabalho antes de anunciar o preço,lembre-se, a presa é inimiga da perfeição, a unica coisa que substitui a pressa, é a agilidade, para se adquirir agilidade precisa de muita prática, tudo faz parte de uma teoria, se você não se encaixa ainda nessa teoria,procure se encaixar nessa teoria, procure sua perfeição, estude sempre, ninguem é tão inteligente que não possa aprender mais, eu garanto que dessa forma você será sempre bem-sucedido.
    Mais uma coisa, não adianta você fazer tudo isso que eu falei, chegar no final da semana e gastar tudo em cerveja, kkkkkkkkk
    é como pegar todo seu trabalho de qualidade, e converter pro formato 3gp, kkkkkkk
    Brincadeira galera, desejo boa sorte a todos, abraço... ;)

    ResponderExcluir